31 de mai de 2013

Estrela de campeão


(leia imaginando que um narrador de rádio é quem está proferindo as seguintes frases)

"Quarenta e seis do segundo tempo.

O Galo vai se garantindo na semi-final da Libertadores. O Atlético-Mineiro vai poder, enfim, soltar o grito que está entalado lá dentro. O jogo foi tenso, acirrado, mas a equipe mineira arrancou o empate que já é suficiente para a classificação.

Mas ainda faltam dois minutos. Bola enfiada na área... opa, peraí! O juiz assinala pênalti em cima do jogador do Tijuana! O zagueiro atropelou seu adversário! Não há nem margem para discussão: a falta foi claríssima!! PÊNALTI DECISIVO PARA O TIJUANA!!

A torcida se cala no Estádio Independência... a eliminação está muito, mas muito, próxima! Basta para a equipe mexicana converter o penal que ela se garante nas semi-finais. O desespero toma conta dos 20 mil presentes.

Riascos contra Victor; Victor contra Riascos. O juiz apitou. Partiu para a bola o atacante, chutou... "

O resto da história vocês já sabem.

Parabéns, Atlético, pela bonita hístória que vai se desenhando durante a Libertadores de 2013. O time, assim como o Corinthians em 2012, possui estrela.

Depois do que aconteceu ontem, o título dificilmente sairá de suas mãos. Podem ir se preparando: daqui alguns meses o grito de campeão será ecoado.

0 comentários: