16 de mai de 2013

Nunca serão!



O Corinthians cresceu, amadureceu. Hoje é referência em diversos aspectos, tanto dentro quanto fora de campo. Mas nessa infeliz noite, foi eliminado. Mesmo assim, não foi nada capaz de mudar seu desenvolvimento. O Timão está em uma crescente, está mudado.

Já a torcida não. Essa continua a mesmíssima de sempre.


Aos 48 do segundo tempo, o jogo teve seu fim e a torcida viu a eliminação ser concretizada. O que se esperar de uma equipe comum? Barbada: vaias, xingamentos, ameaças, etc...

Agora repense sua pergunta: o que se esperar da torcida do Corinthians?

Isso chega até a ser óbvio... esqueceram que nessa República a coisa é diferente. Os que deviam estar chorando, cantaram. Aqueles que em tese estariam exigindo providências, aplaudiram.

A festa foi igualmente proporcional nas vitórias costumeiras do ano passado e nessa derrota de 2013. Pra quem não sabia o que estava acontecendo no Paulo Machado de Carvalho, era plausível imaginar que a equipe tinha sido campeã.

E, na realidade, a Fiel não fez mais do que justificar seu nome e acompanhou o time. Como sempre ocorreu, eles caíram juntos, foram eliminados, ganharam títulos e, hoje, perderam juntos.


Acontece que essa torcida é fora do normal. É rara, é única, é especial. 

Não gostaria de privar somente alguns leitores do blog, mas isso se torna necessário nessa ocasião: só quem é Corinthians sabe o sentimento de torcer enlouquecidamente por algum time.

Os erros de arbitragem? Apesar de terem influenciado o placar, pouco importam. A festa que o bando de loucos fez ontem é pra fazer com que os rivais repensem suas atitudes como torcedor.

Mas por mais que tentem e até se aproximem dessa fanática torcida, o meu recado é um só: nunca, jamais serão!

4 comentários:

MURATA disse...

Nunca !

Débora Soifer disse...

Apesar de estar escrito no meu RG "São-Paulina", tenho que concordar com você que a torcida do Corinthians é algo surreal!
Sendo muito honesta, como você sempre é nos posts, sempre torço contra o timão, mas confesso que ao ouvir a comemoração da fiel ao balançar da rede, tenho uma invejinha, pequena, mas torturante, de não fazer parte dessa torcida que ama demais o seu time do coração!

Jorge Ramiro disse...

Acho que o melhor jogador do mundo é Ronaldinho e eu acho que o futebol é melhor, pois Ronaldinho voltou. Eu o conheço, ele às vezes vem à minha pet-shop para comprar rações para o seu cão.

Andis Katsushi disse...

Olá sr. Gustavo
Sou um novo leitor por aqui, mas desde ja gostaria de parabeniza-lo. O sr. escreve muito bem apesar de nao ser um sr.
Eu sou, assim como vc mais um do bando! E realmente, o que somos, eles nunca serão...